Páginas

Entre o amor e a vingança - Sarah MacLean


Título: Entre o amor e a vingança (Série o clube dos canalhas #1)
Autor(a): Sarah MacLean
Publicação: Gutenberg – 2015
Número de páginas: 304
Onde encontrar: Skoob, Amazon, Saraiva, Submarino
Nota: 🌟🌟🌟🌟
“Eu sou imperfeito demais pra você”
“Você é perfeitamente imperfeito para mim”.
Dez anos antes o jovem Marquês de Bourne perdeu toda a sua fortuna com uma aposta errada, incentivada pelo vício e ingenuidade. Agora, em 1831, ele tem a chance de conseguir aquilo que ele mais deseja, na verdade, as únicas coisas que ele ainda não possui: a casa de sua família, um símbolo de poder e tradição, passado de gerações a gerações, e sua tão desejada vingança.
Penélope sempre foi a menina perfeita, pelo menos até que tudo mudou e ela se tornou motivo de fofoca e escândalo ao ter seu tão “sonhado” noivado rompido. Com o risco de se tornar uma solteirona e vergonha para a família seu pai aumenta as apostas para que ela se torne um partido mais interessante.
Afastados pela vida, o caminho desses dois volta a se cruzar. Penélope se tornou proprietária daquilo que ele mais deseja e Bourne não tem ressalva alguma em arrancar dela aquilo que é seu por direito, independente do que precise fazer.

Fico muito feliz quando eu descubro mais do que um livro ou uma série, mas sim uma autora. Foi assim com Sarah Maclean! Estou adorando seus livros, essa série, mas mais do que nunca sua escrita. Adoro livros de época e essa autora é o motivo pelo qual estou tão viciada neles no momento.


O livro vai além de uma história de amor de época, discute temáticas importantíssimas como o papel da mulher e os ideias pobres que são valorizados nessa sociedade. Discute o que realmente importa na vida para que se tenha felicidade, o que as pessoas fazem e o modo como se comportam pra ser aceitas. Adoro ver a mudança nos personagens, quando eles percebem que querem coisas que nunca imaginaram pra si e curti como isso aconteceu nessa história.
“Noivados rompidos eram sempre culpa da mulher, mesmo quando a mulher em questão era sua irmã mais velha”.
“E Penélope então percebeu que foi a primeira vez em toda sua vida que um homem realmente lhe dava a oportunidade de fazer uma escolha por si mesma...”.
Gostei muito das temáticas que foram defendidas e da coragem, principalmente de Penélope para se impor e realizar seus sonhos. Apesar dos anos que o separam da atualidade, aborda questões muito presentes no dia de hoje, como a valorização da renda e do status em detrimento do que a pessoa realmente é ou o fato de nos mostrarmos felizes aos outros mas vivermos uma vida que não condiz com o demonstrado.
“Eu lhe disse que não devia vir aqui. Não sem mim”

“Descobri que não gosto mais que me digam o que não devo fazer”.
Foi uma leitura muito boa e pretendo continuar a série. Já li o livro 2 e segue a mesma linha do primeiro, não vejo a hora de começar o 3.

Se você curte um romance histórico existem boas chances de curtir essa leitura.



Outros volumes da série:

Volume 2 - Resenha aqui!
Volume 3 - Resenha aqui!

1 comentários: