Páginas

Fortaleza impossível - Jason Rekulak

Título: Fortaleza impossível
Autor (a): Jason Rekulak
Publicação: Arqueiro - 2017
Número de páginas: 272
Nota: 🌟🌟🌟,5

Será que ser adolescente é fazer muitas escolhas estúpidas?

Em Fortaleza impossível Billy é um garoto nerf que ama programação de jogos de computador. Ele e seus amigos, Clark e Alf, são fãs da apresentadora de um programa de tv, a Vanna White e ela acabou de sair na revista Playboy. Os garotos tem apenas 14 e não podem comprar a revista, mas eles bolam planos mirabolantes para comprar essa revista. Aí é que eles começam a fazer muitas escolhas erradas e acabam se metendo em muita confusão.


Esse é um daqueles livros juvenis onde os personagens são garotos na pré-adolescência/ adolescência que fazem muitas escolhas ruins. Onde um arquitetas os planos que certamente darão errado e todos vão no embalo. E, no fim, todo mundo acaba se dando mal. Aí você percebe como é confusa a mente de um jovem, o quão impulsivo eles são e o quanto são movidos pelos seus desejos momentâneos. A adolescência é uma fase realmente difícil e as vezes algumas escolhas podem marcar o resto da caminhada.

É o que acontece com os personagens, desde o início eles só fazem escolhas nitidamente ruins, de mal gosto e que claramente darão erradas e encrencarão eles bem feio.

Os personagens, sinceramente, são bastante irritantes e adolescentes bem chatinhos hahahaha, mas normal, eles normalmente são. Mas eu gostei bastante da representatividade de Mary, a única garota que aparece no grupo. E fala de mulheres marcantes na programação/computação, que faz as leitoras mulheres se orgulharem.

"Você é a primeira pessoa que conheço que tem um 64. E é uma garota.""Acha estranho?"
"Achei que garotas não gostassem de programar."

Essa é uma leitura para passar o tempo. Ela é bem rápida, bem fluida e com capítulos pequenos (Graças a Deus 🙌🏻)

Não achei esse um livro ruim, mas também não me encantou. Aos que gostam de ler histórias mais juvenis e estudar o comportamento dos jovens, recomendo. Mas para mim, por exemplo, não funcionou muito bem, apenas por não ser meu estilo de leitura. Mas solicitei ele justamente por isso, para tentar algo novo.

"Existe uma porção de coisas que um garoto adolescente não conta a mãe. Conforme envelhecemos, escondemos cada vez mais coisas, coisas que são muito difíceis de falar ou constrangedoras de explicar. Fazemos isso para proteger tanto nossas mães quanto nós mesmos, pois, sejamos francos, a maioria de nossos pensamentos é realmente inconcebível."

2 comentários:

  1. Oi Carla,
    Eu quero muito ler esse livro.
    Eu trabalho com informatica, estão EU ACHO que seria perfeito.
    Mas essa questão que você informou sobre ele ser juvenil me deixou um pouco desanimada, porque não gosto mesmo. :(

    Só lendo o livro que vou saber.

    Beijos!

    www.entrepaginas.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ele é bem juvenil mesmo, acredito que se você não curte o gênero não irá curtir a história. Infelizmente :(

      Beijocas,
      Carla.

      Excluir