Páginas

Mestre das chamas - Joe Hill

Título: Mestre das chamas
Autor(a): Joe Hill
Publicação: Arqueiro – 2017
Número de páginas: 581
Onde encontrar: AmazonSaraivaSkoobSubmarino.
Nota:🌟🌟🌟🌟,5

A humanidade sofre com uma pandemia. É cada vez maior o número de portadores da escama de dagrão, uma estranha doença causada por um esporo capaz de causar combustão celular. As pessoas não só morrem queimadas como acabam causando incêndios ao redor. Diante desse cenário, a enfermeira Harper Grayson, se sente na obrigação de trabalhar no hospital, ajudando como pode. Ela toma todas as medidas possíveis, mas isso não impede que se contamine, afinal, não se sabe direito como essa doença se propaga. Logo Harper não se vê só doente, como também grávida. Todos os seus planos mudam com essa última descoberta, ela não só precisa sobreviver como buscar condições melhores para essa criança. Mas o mundo não é mais o mesmo, os doentes são caçados e até mesmo aqueles que você ama, não são confiáveis. 
" Existe algo de terrivelmente  injusto no fato de morrer no meio de uma boa história, antes de ter oportunidade de ver como tudo acaba. Em certo sentido, claro, eu acho que todo mundo sempre morre no meio de uma boa história. Da sua própria história..."
Harper é uma personagem fantástica, que cresce muito ao longo da história. Ela leva uma vida simples antes de tudo mudar, trabalhava como enfermeira escolar e é casada com Jakob. No momento em que o número de doentes aumenta, a escola já não funciona mais e ela acaba indo trabalhar como voluntária no hospital. Quando fica doente, sua vida toda muda. O marido não reage bem, mas como ela está grávida se foca totalmente em cuidar para que a vida dentro dela cresça. Aí que a história do livro começa realmente, nos desafios que vão surgir em seu caminho. É ao longo de todas essas etapas, todas essas mudanças em sua vida, que vamos conhecendo quem ela é, uma mulher cheia de compaixão, coragem, força de vontade, muito humana, mas também cheia de medos e inseguranças. Gostei muito da força dessa personagem. O modo como ela  trata os outros e lida com o perdão é admirável, lindo mesmo (não ia conseguir ser igual). Mas ao mesmo tempo não é uma protagonista bobinha, não se engane, ela vai lutar pra sobreviver. 
" Não havia encontrado cadáveres atrás da porta trancada, mas sim desdém. Pensou que ódio talvez tivesse sido mais fácil de perdoar. Se você odiava alguém, pelo menos essa pessoa era digna da sua paixão"
Esse livro é a prova de como é bom sairmos da nossa zona de conforto. Em uma primeira olhada eu não teria iniciado essa leitura, não está entre os gêneros que mais procuro, mas ainda bem que fiz isso! Que livro gente! Amei muitas partes dessa história: as reflexões , a criatividade, os personagens! E a escrita? Nunca tinha lido nada de Joe Hill, mas com certeza vou querer ler mais. 
"... É igual a qualquer outra coisa que produz fogo...pode-se usá-la para incendiar um lugar...ou para iluminar o caminho rumo a algo melhor."
Minha parte favorita com certeza foram as reflexões sobre a humanidade. Como nos perdemos fácil, como o ser humano interpreta uma mesma situação de forma diferente dependendo de quem é e do que vive. Não tenho palavras, achei incrível. Joe Hill escreveu trechos em que pensei: Meu Deus, isso é pra levar pra vida! E vou levar mesmo, porque grifei boa parte desse tijolinho de 581 páginas! Além desses trechos de tiro, ainda teve humor gente. Quando ele citou HP me apaixonei no instante 😍, além de outras referências da nossa atualidade.
 "...O egoísmo é tão ruim quanto querosene. Quando alguém está com frio e você divide o seu cobertor, os dois ficam mais aquecidos do que teriam ficado sozinhos...Alguém decerto bem mais inteligente do que eu disse que o inferno são os outros. Eu digo que você está no inferno quando deixa de dar a quem precisa porque não suporta ter menos."
Os personagens são todos bem construídos. Amei Nick e sua singularidade, Quis matar Allie várias vezes, adorei a irreverência de John e a bondade de Renné. Mas não vou falar muito deles, você vai ter que descobrir sobre cada um lendo! Não vou tirar esse prazer de você. Mas claro que não amei tudo, até o 7 livro (ele é divido em 9 livros) +/- "Mestre das chamas" era 5 estrelas e favorito. O que mudou foi o final, não gosto quando não faz jus a história e aos personagens. Então não gostei, pra mim tiveram acontecimentos desnecessários e que depois de toda essa jornada poderiam ter sido superados. 
"Seu impulso para me proteger está entrando em conflito com a minha necessidade de proteger meu amor próprio. Eu Sinto muito.Além do mais, estou com a vaga e desagradável sensação de que você está tentando me  proteger de você. E isso não é me fazer gentileza...isso é coerção"
Acho que essa é a maior resenha que já fiz, mas me deem um desconto porque o livro é um tijolo! Um tijolo lindo, maravilhoso. Que vai te fazer refletir sobre até onde a humanidade é capaz de ir. Que vai te despertar muitos sentimentos diferentes! Super indico, apesar de querer mudar esse final viu Joe?! 

0 comentários:

Deixe seu comentário