Páginas

[Resenha] A história de nós dois - Dani Atkins

Título: A história de nós dois 
Autor(a): Dani Atkins
Publicação: Arqueiro – 2016
Número de páginas: 352
Onde encontrar: SkoobAmazonSaraiva
Nota: 🌟🌟🌟🌟,5
"Um lar não é feito de tijolos e massa. (...) Lar é onde a pessoa que você ama vive."
Emma tem 27 anos e está noiva e prestes a se casar com Richard, seu namorado desde a adolescência. Em um momento tudo estava perfeito, regado de boas energias e muita alegria e animação, num outro, tudo virou uma grande tragédia. Emma e suas amigas sofrem um acidente de carro e antes que tudo vire uma tragédia ainda maior, um rapaz para na estrada para ajudá-las. Com toda essa tragédia, o casamento acaba sendo adianto e é nesse tempo em que muitas coisas começam a ser questionadas, seu relacionamento com Richard, suas amizades e a sua ligação com o rapaz que a salvou, Jack. Ela está vivendo um turbilhão e não se sabe onde essa história vai terminar. 

"Talvez seja assim também para os animais, aquele últimos segundos que precedem um acidente: os momentos em que você parece ter um tempo infinito para ver exatamente o que vai acontecer, pensar, fazer alguma coisa, não fazer nada e ainda esperar pelo impacto. Foi dessa forma para mim."

Nessa história nós temos um drama atrás de outro. E isso é normal para aqueles que conhecem a escrita de Dani Atkins. Como sempre ela nos conduz na trama com a sua escrita fluida e apesar do drama, a escrita é magicamente leve. Fazendo com que o leitor flutue nas palavras até o fim. Ela tem aquela capacidade de fazer com que você se envolva, se identifique e se sinta dentro da história. Faz você se importar com a história, com os personagens e o principal, com o que vai acontecer no final. E é isso que faz com que essa seja uma leitura rápida, apesar do peso do drama.

Emma é uma garota comum, trabalha em um biblioteca e está noiva do seu namorado desde a adolescência. Tudo parece perfeito, só que ela carrega o drama dentro da sua família porque a sua mãe tem Alzheimer e é sempre uma dificuldade atrás da outra para cuidar dela, que ela tanto ama. Conseguimos sentir o peso que é amar tanto alguém e ver esse alguém virar um outro alguém. Em muitas cenas de crises da mãe, Dani Atkins faz com que nos conectemos também com os sentimentos da personagem nesses momentos. Podemos ver o quanto é duro. É duro também sentir que alguém que amamos as vezes também é um peso e sentir a culpa por esse sentimento. 
Sua mãe ama Richard e ela ama falar sobre esse casal e sobre o casamento e afins. O que em determinado ponto da trama é bem triste e angustiante. 

Emma tem duas melhores amigas de infância que nos são apresentadas nessa história, Caroline e Amy. Ambas participam cada uma de sua forma de todo o drama antes, durante e depois do acidente. Cada uma da sua forma. E são personagens interessantes dentro do contexto.
Richard já dá as caras na história mostrando que é um cara bem chato. E eu mantive essa opinião sobre ele por muito tempo dentro da história. Em um momento lá pro final, pensei que podia ter julgado ele um pouco errado, mas nos finalmente achei ele chato mesmo. Aquele tipo de homem chato, paranoico, insistente. 
E aí tem Jack. Jack é um personagem simples, mas cheio de personalidade. Pisa na bola algumas vezes pra gente ficar na dúvida hahaha. Mas é apaixonante.
Essa história é aquela questão: "Quem vai ficar com Emma?" hahahaha! Não é fácil, meus amigos. 
"Ele poderia ser qualquer um. Ele era qualquer um. O acaso ou o destino simplesmente o haviam colocado na estrada certa no momento certo."
"Deixá-lo ali me dava a sensação de uma questão não resolvida, de uma dívida não paga. Quando se deve a alguém a própria vida, talvez seja assim para sempre."
E aí todos os dramalhões se encontram e se entrelaçam e fazem da vida de Emma um GRANDÍSSIMO drama. Você até começa a sentir dó da pobre personagem que vive tudo de uma vez só, um turbilhão. 
Sei que por aí tem muitas resenhas negativas dessa história, mas confesso que gostei muito da história. É como já disse, a escrita de Dani me cativa muito, faz com que eu me importe com a história e com os personagens. E tem muita lição bacana dentro dessa história.
Em certo ponto, é verdade, o drama é muito carregado, os personagens fazem babaquices e ficam meio chatos e fazem escolhas estúpidas, mas isso é a vida real. Fazemos isso também. Tem gente que em momentos muito pesados na vida, desiste. Tem gente que enfrenta. E tem aqueles que ficam insuportavelmente reclamões! A gente até duvida "nossa, mas foi muito drama de uma vez só". Amigos (a) tem gente que passar por isso, tem gente que passa por coisa pior. Mais uma vez: vida real. 

Eu sou suspeita para falar, eu amo as obras de Dani Atkins. Já li todas e amo todas. E estou ansiosíssima para o próximo dramalhão, novela mexicana, triangulo amoroso e tudo o que ela quiser colocar na trama hahahahaha, eu leio. Leio até a lista de desejados dela hehehe. Enfim, recomendo SIM! Leiam, veja se gostam, tirem as suas conclusões. Não se baseiem por resenhas negativas :)
"Desde o dia em que a conheci, você virou o meu mundo de pernas para o ar, Emma. Você me fez examinar mais de perto o homem que sou e me fez questionar o que quero do resto da minha vida e também com quem quero compartilhá-lo."

0 comentários:

Deixe seu comentário