Páginas

[RESENHA] Como não se apaixonar por um Duque

Título: Como não se apaixonar por um Duque (Amores Indecentes #2)
Autor (a): Michaelly Amorim
Publicação: Hugin e Munin - 2018
Número de páginas: 215
Onde encontrar: Amazon, Skoob
Nota: 🌟🌟🌟🌟,5 
"Tentar não te amar, só me fazia te amar mais"
Madame Charlotte entrou para as graças da nobreza de Londres, e finalmente, depois de tudo que abriu mão, seu atelier está no auge. Quando ela vai ao cais, em busca dos melhores tecidos, acaba se esbarrando com o Duque de Norfall. Phillip nunca conhecer uma mulher como Madame Charlotte. Desde seu primeiro encontro, seus caminhos voltam a se cruzar de novo e de novo, até que ambos se veem cada vez mais atraídos um pelo outro. Mas, eles pertencem a mundos diferentes. Enquanto ele sempre seguiu as imposições de sua posição social, Charllote esconde segredos que poderiam por a perder a vida que ela construiu pra si. Os dois tem motivos bem fortes para não ficarem juntos, contudo, resistir se torna cada vez mais difícil. 
"Você pode tornar todos os seus sonhos realidade, basta nunca perder a esperança e fazê-los acontecer"
Esse livro me prendeu e surpreendeu, logo no inicio. Conhecemos Madame Charlotte (assim como o Duque de Norfall) no livro um, mas eu não esperava que eles tivessem tanto a mais por trás da minha primeira impressão.  Mais uma vez a autora cria um enredo interessante com uma pitada diferente, e além disso, pra mim, ela arrasou na construção desses personagens e na interação dos dois. 

O título não poderia expressar mais meus sentimentos com Phillip. Como não se apaixonar por esse boy gente? Na primeira interação dos dois, meu coração não bateu forte, quis dizer poucas e boas pra ele, mas a medida que fui lendo, ahhhh *suspiros. Ele tem um lado bem responsável e leal, principalmente com relação a sua família e seu título, mas também vai ser extremamente galante e divertido em sua interação com Charlotte. Mas o que eu amei mesmo, é seu respeito, por uma mulher de personalidade forte e independente. Ao mesmo tempo, que reconhece sua força, ele também está lá pra ajudá-la quando precisa. Enfim, me apaixonei por esse Duque 💜.
"É a sua vida, não pode deixar que lhe ditem como viver"
Charlotte é meu tipo favorito de protagonista. Ela passou por tanta coisa, foi tão forte, se superou tanto. E com muita garra continua assim, seguindo os seus sonhos. Gostei da forma como a autora construiu sua história, podemos entender como ela teve que crescer na marra e se tornou quem é:  uma mulher de personalidade forte, que foi em busca do que acredita e diz o que pensa. Amei sua língua ferina! Isso me garantiu muitas risadas, na interação dela e de Phillip. Os diálogos foram divertidos e inteligentes, com algumas trocas de farpas (eu adoro!). 

Enfim, pra mim foi visível como a autora cresceu do primeiro livro da série para esse. Achei que ela desenvolveu bem melhor essa história e esses personagens. Os diálogos também, diferente do  primeiro em que algumas expressões me atrapalharam, por serem mais atuais, nesse não houve esse incomodo.  Me apaixonei pelos protagonistas! A leitura fluiu muito bem! Espero que você se encante assim como eu, por esses dois! 
















1 comentários:

  1. Aaaah que tudo. Fico feliz que tenha gostado. Obrigada pela resenha maravilhosa e pelas palavras de carinho. O Duque realmente consegui deixar mais ambientado. Eu gosto de pensar que o conde é um livro transitório, pra quem nunca leu romance de época, assim não se sentiria tão deslocado, e os outroa volumes da série lentamente inserem o estilo mais de época mesmo.

    ResponderExcluir